• julho

    2

    2016
  • 611
  • 0
Algumas ideias para a divulgação do seu negócio

Algumas ideias para a divulgação do seu negócio

Entendendo melhor como funcionam e o quê fazer em diferentes canais de comunicação com seus clientes.

É muito comum colegas chegarem para conversar já com alguma idéia de divulgação em mente. Após aulas ou palestras, fui diversas vezes “intimado” a dar opinião sobre essa ou aquela idéia, estratégia ou iniciativa de “propaganda”. Justifico as aspas – na sua esmagadora maioria, os colegas ainda possuem a idéia equivocada de que adotar uma estratégia de marketing seja apenas e tão somente fazer propaganda. De novo eu repito: não é! Marketing é um conjunto de ações e atitudes voltadas para identificar e atender necessidades de nossos clientes. Propaganda é uma das ferramentas de marketing, que pode ou não ser necessária, dependendo do caso. Quem tem acompanhado essa coluna já sabe que muitas vezes uma ação de marketing é mais uma decisão administrativa que mudará algum aspecto do seu atendimento, e que muitas vezes não é nem comunicada ao consumidor final. Mas espera-se que ela traga resultados garantindo satisfação aos clientes, com o seu conseqüente retorno ao nosso estabelecimento.

Mas enfim. Feita essa ressalva que é sempre necessário um planejamento inicial (vide nossos artigos sobre planejamento estratégico) antes de iniciarmos esforços de comunicação/ divulgação, vamos agora falar um pouco sobre algumas alternativas de costumam serem as mais eficazes.

 Impressos

A primeira coisa que se deve ter em mente quando falamos divulgação em mídia impressa (aqui incluídos tantos os folhetos, cartazes, flyers, entre outros materiais que você mesmo produza como também os anúncios em jornais, revistas, etc.) é que cada uma dessas peças é você! Sim, cada folheto, flyer, santinho que você distribui está levando a sua mensagem, a imagem da sua clínica ou Pet Shop. Ou seja: muito cuidado na produção destes materiais! Já vi verdadeiras atrocidades na produção deste tipo de material. Procure sempre ajuda de um profissional. Se você não tem condições de contratar uma agência de propaganda, procure um bom designer ao menos para criar o seu material. Nesses casos o barato sai muito caro. Um material mal preparado, ou que não seja adequado. Não adianta querer imprimir um folheto preto e branco, em papel de 5ª categoria, para promover um atendimento de qualidade. Acreditem, na mão do consumidor essa peça pode ter dois efeitos: a total indiferença, ou ainda pior, o descrédito. É muito importante que os seus esforços de comunicação estejam em consonância com todo o seu Mix de Marketing.

Quanto a jornais e revistas de bairro, vale o mesmo conceito. A quase totalidade deles vai te sugerir que deixe a criação do anúncio por conta deles, porque já está incluído no preço. Em minha opinião tudo que você vai conseguir é ter um anúncio exatamente igual aos 289 anúncios veiculados naquela edição. Se a decisão é investir em anúncios na mídia impressa do seu bairro/ região (decisão essa que idealmente foi baseado num estudo e planejamento, e não no feeling do empreendedor), separe em seu orçamento um valor para a criação de um logotipo para sua empresa, e para a confecção de anúncios que tenham a “sua cara” e que realmente comuniquem ao seu público o que o seu negócio está oferecendo. Anuncie menos se for o caso, mas anuncie com maior eficiência…

 Radio

Principalmente nas cidades do interior o rádio é um veículo muito eficaz e com bom custo x benefício. Muitas vezes a própria rádio, ou o locutor se encarrega de produzir uma vinheta/ anúncio ou ler um texto pré-aprovado no ar, o que facilita muito em termos de custos.

Mas uma idéia que não deve ser descartada, e na qual acredito muito, é a produção de um informativo. Você pode sugerir a rádio da sua cidade, ou mesmo a rádio comunitária do seu bairro, a criação de uma coluna, ou de um pequeno programa. Você pode gravar uma dúzia de dicas com informações gerais sobre saúde e bem-estar dos animais de companhia, prevenção de zoonoses, entre outros temas. Dependendo das disponibilidades sua e do veículo, pode ser ainda criado algo como “Uma conversa com o Doutor”, onde você responderia a perguntas dos ouvintes no ar. Claro que ao final ou durante qualquer um destes formatos, haveria a veiculação discreta (isso é importante, para que a imagem de prestação de serviço – que tende a ser muito mais valorizada pelos ouvintes que a “simples” propaganda – não seja enfraquecida) do seu endereço, site, telefone, etc.

Vai tomar um pouco de seu tempo, mas as rádios com certeza estarão abertas a este tipo de permuta. Então, você ganha divulgação, eles ganham um conteúdo diferenciado e que presta serviço aos seus ouvintes. Uma relação onde os dois lados ganham. Só não vale se associar a rádio pirata… nesse caso além de crime, é um desserviço ao processo de criação/ construção da sua imagem.

Discutiremos algumas outras idéias nas  próximas postagens. Bons negócios para todos.

 

Ricardo Oliveira

Médico veterinário formado pela USP, com mestrado pelo ICB-USP. Desde 2001 é proprietário da Quiron Comunicação & Conteúdo, editora e agência de publicidade dedicada ao mercado veterinário e agronegócio. É palestrante na área de Marketing para o agronegócio. Atualmente é doutorando na ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) pesquisando estratégias de branding para commodities agropecuárias

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu comentário será publicado em até 24 horas.

Cancel reply
© Copyright 2018 Quiron Comunicação & Conteúdo by Quiron
Translate »